Domingo, 27 de Junho de 2010
Nojo do sexo oral

Você tem todo o direito de gostar ou não de determinada prática sexual. O que pode ser altamente excitante para alguns, talvez seja totalmente desestimulante para outros. Ou seja, as pessoas reagem de forma diferente aos estímulos eróticos. Isso é absolutamente normal.

A primeira coisa a levar em conta é: não se cobre demais. Você não precisa (nem deve!!!) fazer isso ou aquilo só para agradar ao parceiro. O seu prazer e os seus desejos devem vir sempre em primeiro lugar.

Uma parcela de mulheres, assim como uma parte dos homens, não se sente à vontade com o sexo oral. Os motivos são variados: nojo, aversão ao cheiro e ao gosto da vagina e do pênis, e até mesmo uma visão negativa sobre a sexualidade. Há pessoas que cresceram ouvindo que sexo oral é coisa de garota de programa. Ou que é algo "feio e sujo", assim como a vagina e o pênis. Mas isso tudo não passa de uma visão equivocada e antiga da sexualidade.

Sexo oral é uma prática como outra qualquer. E não há nada de errado em fazê-lo. Pelo contrário: pode ser muito excitante para o casal. A boca e a língua proporcionam sensações prazerosas nos genitais graças à textura, temperatura e umidade.

Só há um detalhe: é preciso usar camisinha também nessa prática, para evitar doenças sexualmente transmissíveis, como Sida e HPV (Papiloma Vírus Humano ou "Verrugas Genitais"). Outra coisa: aquela história que a gente vê em filmes eróticos sobre engolir o esperma é algo que deve ser evitado, pois o esperma pode conter uma série de vírus. Os fluidos vaginais também. Por isso, o casal deve se prevenir: a mulher precisa utilizar a camisinha feminina e o homem deve usar o preservativo tradicional.

Usar camisinha, aliás, pode até ajudá-la a encarar o sexo oral como algo mais divertido. Há uma série de preservativos com aroma e sabor de frutas (menta, morango, laranja, uva...), vendidos em farmácias ou sex-shops. Eles dão um novo sabor ao sexo, além de ajudar a criar um clima de descontração entre o casal.

Mas lembre que a regra número 1 é: só faça aquilo que realmente sentir vontade. Sexo oral é algo positivo para a sua sexualidade desde que você esteja realmente a fim. Reflita sobre isso. E aproveite!

Laura Müller sexóloga



publicado por adm às 23:29
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.pesquisar
 
.posts recentes

. Posições do Kama Sutra: a...

. Conselhos sobre sexo oral

. Virgindade – A primeira v...

. As principais curiosidade...

. 12 maneiras de se mastur...

. O Sexo dos tempos moderno...

. Os homens também fingem o...

. Erotismo e Poder

. Fantasias sexuais dos sig...

. Você só faz sexo na hora ...

. Impotência Sexual – Dúvid...

. Relações sexuais durante ...

. Sexo Seguro

. Orgasmo Feminino: Como Fa...

. Beijos, abraços, aperto d...

.Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds