Terça-feira, 8 de Junho de 2010
Os dez tipos de libido (nos homens e nas mulheres)

* Sensual: - Para este tipo, o sexo é parte importante do relacionamento. Ver que o parceiro está satisfeito na cama aumenta seu prazer, e o orgasmo não costuma ser o mais importante. O sexo é expressão do vinculo emocional e uma maneira de reforçar seus sentimentos pela pessoa amada.
* Erótica: Para eles, o sexo é quase um hobby. Este tipo gosta de leituras eroticas, brinquedinhos sexuais e adora novas experiências na cama. As transas intensas são importantes para a manutenção do relacionamento. Adoram se sentir desejados e costumam investir em praticas como o suing e o sexo a três. 
* Dependente: Esse tipo não lida bem com a falta de sexo. Como as relações sexuais são uma forma de aliviar a ansiedade, podem colocar uma pressão desnecessária no parceiro, principalmente se este não tem um nivel de desejo compativel com o seu.
* Reativa: Quem se enquadra no tipo reativo não costuma pensar em sexo se não estiver em uma relação, e a vida sexual acaba sendo ditada pelo ritimo do outro. Valorizam mais o envolvimento emocional.
* “Por direito”: Consideram que a sua visão do sexo é a “correta” e não precisam de muita variedade para se setirem satisfeitos. Podem colocar uma pressão desnecessária no parceiro por terem ideias fantasiosas do que outros casais fazem na cama.
* Viciosa: Quem tem este tipo de libido precisa de novos parceiros para se sentir valorizado. Podem, inclusive, valorizar uma relação estável e “pular a cerca”de vez em quando. Costumam perder o interesse pelo outro depois da relação sexual.
* Stressada: Esse pode estar passando por um momento de falta de confiança em suas habilidades sexuais. Tem medo de não conseguir satisfazer o parceiro e se cobra quando passa por fazes de pouco desejo.
* Desinteressada: Caracteriza as pessoas que não sentem falta do sexo, mas têm dificuldades para assumir essas faceta. Costumam ter relações sexuais para agradar o parceiro. Geralmente, são pessoas que nascem com baixa libido. 
* Desconectada: Neste tipo, o sexo deixa de ser prioridade. Em circunstâncias ideais, valorizam o sexo, mas basta aparecer cobranças excessivas para esquecer do prazer sexual.
* Compulsiva: Neste caso, o sexo não costuma estar ligado a sentimentos. As relações sexuais, em geral, são alimentadas por estados de ansiedade e tensão emocional. Costumam ter certos fetiches e sentem dificuldade de excitação se eles não forem satisfeitos.



publicado por adm às 00:08
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.pesquisar
 
.posts recentes

. Posições do Kama Sutra: a...

. Conselhos sobre sexo oral

. Virgindade – A primeira v...

. As principais curiosidade...

. 12 maneiras de se mastur...

. O Sexo dos tempos moderno...

. Os homens também fingem o...

. Erotismo e Poder

. Fantasias sexuais dos sig...

. Você só faz sexo na hora ...

. Impotência Sexual – Dúvid...

. Relações sexuais durante ...

. Sexo Seguro

. Orgasmo Feminino: Como Fa...

. Beijos, abraços, aperto d...

.Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds