Domingo, 25 de Abril de 2010
O inevitavel Ponto G!



Ponto G
O ponto G é uma concentração de terminações nervosas, um corpo esponjoso com vasos sangüíneos e glândulas ligadas ao clitóris que se localiza em torno da uretra onde se situam as glândulas de Skene, que cercam a uretra. O nome "ponto" não é a melhor designação, pois não é necessariamente um ponto, é mais uma área, uma região que varia de mulher para mulher.

Esta área é mais ou menos equivalente à próstata e é extremamente sensível à pressão intensa. Quando estimulada adequadamente, pode proporcionar orgasmos intensos e ejaculações de líquidos pelas glândulas de Skene e a uretra durante a penetração. O estímulo dessa área libera substâncias que bloqueiam a dor durante o parto.

O ponto G foi denominado assim em homenagem ao séxologo alemão-judeu Ernst Gräfenberg - o primeiro médico da atualidade a descrevê-la, em 1950.




Como encontrar o ponto G


Esta zona erógena varia de mulher para mulher, tanto na localização, no tamanho, na textura ou na espessura. Invisível aos olhos e não muito fácil ao tato, situa-se logo abaixo do osso púbico, profundamente na parede anterior da vagina, entre sua abertura e o colo do útero.

Primeiramente, a mulher deve estar bem relaxada para que as paredes vaginais fiquem muito bem lubrificadas, isso fará com que o ponto G fique inchado, cheio de sangue e portanto mais sensível e proeminente. O ponto poderá então ser identificado como uma pequena saliência enrugada, uma área oval de 2 cm, localizada embaixo do osso púbico, na parede frontal interna da vagina.

Com a mulher deitada com a barriga pra cima poder-se-á penetrá-la com o dedo médio e a palma da mão virada para o clitóris: A ponta do dedo deverá então estar tocando o ponto G, onde sentirá uma área mais rugosa ou áspera que o normal, podendo vir a ser duro também devido à excitação feminina. Ao ser estimulado, inicialmente, a mulher poderá sentir vontade de urinar, mas se a estimulação é continua, pode ser sexualmente prazeroso. Como em qualquer outro estímulo humano, pode não ser igualmente prazeroso para todas.

Algumas mulheres não tem consciência da existência do ponto G e da ejaculação feminina - ou se embaraçam com a sua ejaculação. Elas assim aprenderem a ejacular retrogradamente.


tags: ,

publicado por adm às 23:15
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.pesquisar
 
.posts recentes

. Posições do Kama Sutra: a...

. Conselhos sobre sexo oral

. Virgindade – A primeira v...

. As principais curiosidade...

. 12 maneiras de se mastur...

. O Sexo dos tempos moderno...

. Os homens também fingem o...

. Erotismo e Poder

. Fantasias sexuais dos sig...

. Você só faz sexo na hora ...

. Impotência Sexual – Dúvid...

. Relações sexuais durante ...

. Sexo Seguro

. Orgasmo Feminino: Como Fa...

. Beijos, abraços, aperto d...

.Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds