Domingo, 23 de Maio de 2010
Disfunção eréctil o que é??

A Impotência tem sido o termo tradicionalmente usado para definir a incapacidade de obter e manter erecção satisfatória para o acto sexual. Disfunção eréctil é o termo médico actualmente mais indicado para definir tal situação. É importante reconhecer que a disfunção eréctil pode estar presente mesmo quando o desejo e o orgasmo (ejaculação) estejam presentes.

O que é a disfunção eréctil?

A disfunção eréctil é definida pelo Instituto Nacional de Saúde (NIH), como “a incapacidade persistente de obter e manter uma ereção suficiente para uma função sexual satisfatória”. 

Sem estímulo sexual o pénis deve permanecer flácido ou relaxado. O pénis começa a reagir quando o cérebro é recebe o alarme através de estímulos eróticos - cheiro, visão, som, toque ou memória. Quem controla esta reacção é a testosterona.
O cérebro controla uma série de reacções para os nervos, vasos e músculos, que culminam com a erecção. Os corpos cavernosos enchem-se de sangue e o pénis torna-se rígido. As veias internas são comprimidas para evitar a saída de sangue.

Qualquer falha nesta reacção em cadeia pode resultar numa disfunção erétil.

A falta de vontade (libido) para sexo, como a que ocorre no indivíduo hipoactivo, ainda não tem tratamento. Isto é, não existe um medicamento que deixe o indivíduo "louco" por sexo. Cada pessoa tem o seu próprio "apetite sexual". 


Sintomas da Disfunção Eréctil

Baixa confiança do parceiro em manter erecção.
Ter frequentemente erecções com pouca rigidez do pénis de forma a conseguir a penetração ou dificuldade em manter a erecção após a penetração, e mantê-la até o final do acto sexual.
Sentir pouca satisfação com o seu desempenho nas relações sexuais.

Este é o momento de conversar e pedir ajuda...

Consultar um urologista e ver se há necessidade de um tratamento médico ou se pode ser ajudado com terapia sexual. Seja qual for a indicação para o caso do seu parceiro, é importante ter a noção que há possibilidade de resgatar uma boa qualidade de vida sexual.

Causas da Disfunção Eréctil

A disfunção eréctil pode ter origem em diversos factores, sejam eles físicos ou psicológicos. Muitas vezes é uma combinação de ambos. Causas da disfunção eréctil:

Causas Físicas


Cirurgia: Intervenções cirúrgicas do intestino grosso, do recto ou da próstata e tratamentos de radioterapia na área pélvica podem danificar os nervos e os vasos sanguíneos e causar problemas de disfunção eréctil.

Problemas Vasculares: A arteriosclerose, derrame cerebral, fumo, hipertensão, problemas cardíacos e colesterol elevado são factores que afectam a entrada e a saída do fluxo de sangue do pénis. As doença vasculares são geralmente a causa mais comum da disfunção eréctil.

Doenças Nervosas: Os problemas neurológicos incluem: lesão da medula espinhal, esclerose múltipla e degeneração dos nervos, derivados da diabetes ou do excesso de álcool.

Diabetes: A diabetes pode causar lesão dos nervos (neuropatia) e dos vasos sanguíneos (arteriosclerose) que levam o fluxo sanguíneo ao pénis. Dois em cada três homens com diabetes podem sofrer de disfunção eréctil.

Doenças Crónicas:
Ao ser diagnosticada uma doença crónica, consulte o seu médico e pergunte-lhe se esse problema pode afectar a saúde sexual do seu parceiro.

Problemas Hormonais: Baixo nível de hormonas pode causar disfunção eréctil.

Efeitos Secundários dos Medicamentos: Existe uma vasta gama de medicamentos que podem originar problemas de disfunção eréctil. Se o seu parceiro estiver a ser medicado, e tiver problemas de erecção, pergunte ao seu médico sobre os possíveis efeitos secundários da medicação e quais as possíveis alternativas para solucionar o(s) problema(s). Um dos exemplos são os medicamentos contra a queda de cabelo e depressão.

Factores relacionados com o estilo de vida

Álcool: A utilização excessiva (ainda que seja uma cerveja por dia) de bebidas alcoólicas pode reduzir imediatamente a capacidade de manter uma erecção considerada satisfatória. A longo-prazo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode causar desequilíbrios hormonais constantes.

Tabaco: O tabagismo pode levar à disfunção eréctil. Com base em publicações internacionais, o fumo é a principal causa de Disfunção Eréctil. Isso ocorre pela diminuição da pressão sanguínea na região peniana.

Tratamentos

O tratamento para disfunção eréctil é individualizado de acordo com a causa apresentada pelo individuo - se de origem psicológica ou resultante de uma disfunção orgânica. Entre as opções disponíveis temos:

Medicamentos Orais: Os inibidores da fosfodiesterase 5 (PDE5) são uma classe de medicamentos orais (ex.: viagra, cialis). Apresentam-se como terapêuticos de primeira linha e uma possibilidade para o tratamento da disfunção eréctil.

Aconselhamento Sexual / Terapia Sexual:
Consultas com um psicólogo ou psiquiatra podem ajudar o seu parceiro a identificar, a compreender e a lidar com os problemas sexuais, bem como aprender a controlar as situações de stress durante o acto sexual, a aumentar os estímulos e a focar a atenção no prazer e na intimidade do casal.

Autoinjecção Peniana: Medicamento que ao ser injectado pelo doente na parte lateral do pénis, antes da actividade sexual, vai aumentar o fluxo sanguíneo no membro e permitir a sua erecção.

Terapia Intra-uretral: Cápsula de um medicamento que ao ser inserida na uretra aumenta o fluxo sanguíneo.

Prótese Peniana: A colocação da prótese peniana é sugerida ao doente quando nenhum dos outros tratamentos foi bem sucedido. É mais indicada para disfunção eréctil de fundo orgânico, como diabetes, quando medicamentos orais ou injectáveis não são eficazes. A prótese peniana é um dispositivo inserido no pénis através de cirurgia. Estas próteses são constituídas por dois cilindros sintéticos que são colocados dentro dos tubos naturais que do pénis e que são conhecidos como corpos cavernosos de tal forma a ocupar 70% do espaço nestes corpos. Resta portanto, às mesmas artérias, que antes precisavam encher de sangue todo o cilindro cavernoso, o trabalho de preencher tão somente 30% do mesmo, tornando a erecção facilitada.



publicado por adm às 01:32
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar
 
.posts recentes

. Posições do Kama Sutra: a...

. Conselhos sobre sexo oral

. Virgindade – A primeira v...

. As principais curiosidade...

. 12 maneiras de se mastur...

. O Sexo dos tempos moderno...

. Os homens também fingem o...

. Erotismo e Poder

. Fantasias sexuais dos sig...

. Você só faz sexo na hora ...

. Impotência Sexual – Dúvid...

. Relações sexuais durante ...

. Sexo Seguro

. Orgasmo Feminino: Como Fa...

. Beijos, abraços, aperto d...

.Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds